O maior vilão da sua empresa: O Turnover

maio 6, 2019 3:15 pm

Mais conhecido como rotatividade de colaboradores, o turnover, pode estar acontecendo na sua empresa e você nem sabe! Seja por cenários econômicos, instabilidade financeira, pressão por reeducação financeira, crises ou as diversas mudanças do mercado.

Vamos entender juntos, como o turnover é prejudicial para a sua empresa e te dar alguns insights para te ajudar a resolvê-los de forma simples e criativa.

“Ahh, eu não costumo considerar o índice de rotatividade…”

Aconselhamos fortemente reconsiderar a importância de calcular esses números e a Hero365 pode te ajudar nisso (sem querer fazer jaba, mas já fazendo).

Os motivos que podem levar um alto índice de turnover na sua empresa

  • insegurança
  • desmotivação
  • falta de conhecimento
  • falta de reconhecimento
  • sem definição de metas claras e objetivas
  • propósito da empresa indefinido

Perder talentos é sinônimo de perder recursos financeiros e colocar o sucesso do negócio em risco! Segundo um artigo da Newsweaver, um negócio bem sucedido é aquele que tem colaboradores engajados e felizes, tendo assim uma baixa taxa de turnover. Reforçando essa tese, Marcio Fernandes, CEO da Elektro também afirma que felicidade dá lucro, e ter um índice de 99,3% dos colaboradores felizes no trabalho e baixas taxas de rotatividade é possível.

Com o desligamento de um colaborador, o maior impacto (além do financeiro) é de perder CONHECIMENTO. Além disso, há o aumento da carga de trabalho dos outros colaboradores que permanecem no time, a queda de produtividade nos colaboradores que viram seus pares saindo, e ainda há o tempo de ambientação até o novo colaborador performar plenamente.

Mas como fazer esse cálculo?

Já foi possível perceber que se preocupar com turnover é de extrema importância para o RH que se posiciona como estratégico.

Para avaliar se o maior impacto foi no turnover voluntário (iniciativa do colaborador), basta calcular: o número total de colaboradores que pediram desligamento dividido pelo número total de colaboradores.

O que fazer para reter talentos de forma efetiva?

Agora que você entende o contexto, os impactos e sabe como calcular o turnover, é a hora de aprender como evitá-lo (ou pelo menos se prevenir e não sofrer tanto com seus impactos) com alguns insights abaixo.

Insight 1: Pesquisa de desligamento
Pesquisa de desligamento. Aborde qual motivo da saída do colaborador. Pode ser aplicado de forma digital.

Insight 2: Pesquisa de Clima
Aplique pesquisa de clima interno. A pesquisa de clima pode levantar todos os pilares que impactam a vida do colaborador (liderança, desenvolvimento, remuneração, benefícios, qualidade de vida, comunicação interna, propósito, carreira e etc)

Insight 3: Tenha metas claras e objetivas
É importante estabelecer metas claras e objetivas e além disso, sejam compartilhadas com todos os colaboradores da empresa. Uma empresa sem metas, não é uma empresa, é apenas pessoas trabalhando sem um objetivo em comum.

Insight 4: Comunicação efetiva
Isso não significa compartilhar tudo o tempo todo e promover excesso de informações, mas sim divulgar o que é necessário de forma clara e no momento certo. Promovendo uma cultura de confianças através da transparência.

Insight 5: Reconheça seus colaboradores
Você sabia que 89% das pessoas afirmam que sofrem de estresse por não serem reconhecidas no trabalho? Reconheça as pessoas de forma simples e descomplicada e mostre para toda a empresa quem está fazendo a diferença.

Insight 6: Recompensas reais
Apenas 15% dos colaboradores se sentem recompensados. É importante mostrar que o que eles fazem, geram consequências positivas na vida pessoal e profissional.

Ter um Programa de Reconhecimento bem estruturado e que realmente funciona dentro da sua organização é essencial para incentivar os colaboradores a continuarem no caminho certo e inspirar os pares a seguirem a mesma trilha.

Segundo a Newsweaver, programas de reconhecimento, além de aumentar o engajamento, reduz o turnover voluntário em 31%!