6 insights para aprender a lidar com a rejeição em um processo seletivo

novembro 22, 2019 10:57 am

Quem é que não sente um frio na barriga quando participa de um processo seletivo? Principalmente se for aquela empresa ou vaga dos seus sonhos, que você tanto lutou para conquistar? 

No entanto, participar de um processo de seleção, não significa que você já conquistou a tão sonhada vaga. Porém, ser rejeitado não é o fim do mundo, e sim, uma oportunidade para se desenvolver e melhorar nas próximas entrevistas. 



Nós da Hero365 estamos sempre pensando em ajudar pessoas como você. Por isso, separamos algumas dicas de como sair por cima depois de um feedback negativo em um processo seletivo:

Processo Seletivo
Rejeição em um processo seletivo. Como lidar?

1. Peça um feedback detalhado.

Escutar ativamente o feedback da sua entrevista é uma das melhores formas de encarar uma rejeição, isso te ajuda a pensar em tudo o que aconteceu e o que você pode tirar dessa aprendizagem. 

O feedback é de extrema importância, porque só a autoanálise não é o suficiente para trazer tantas melhorias. 

Você se esforçou o bastante para aquela entrevista, portanto, é do seu direito receber comentários úteis que te ajudarão a melhorar nos próximos processos seletivos.

2. Reflita.  

É comum após ser reprovado em um processo seletivo que você tenha sentimentos negativos em relação ao seu desempenho, à empresa ou até mesmo pelo recrutador responsável pela vaga. 
Porém, é importante que você reflita sobre todo o processo. Desde o momento em que você foi convidado para a entrevista, até o tchau que você deu à recepcionista da empresa. 


Se faça perguntas como: “O que ocorreu perfeitamente?”, “O que eu poderia ter dito e não disse?”, “O que eu poderia melhorar?“. Dessa forma, você estará mais preparado para futuras entrevistas.

3. Construa um plano de desenvolvimento pessoal.

Se você sobreviveu a outras rejeições de processo seletivo, também vai sobreviver nesta, certo? Se for a primeira vez que você foi rejeitado, ótimo, tem muito o que aprender com ela. 


Tenho certeza que você ficará melhor a cada rejeição que passar, e como área de Recursos Humanos, podemos dizer que elas acontecem com muita frequência. 


Dessa forma, você já está construindo seu desenvolvimento pessoal. Reforce pesquisando sobre a cultura da empresa que você almeja, desenvolva seu networking e pode até mesmo realizar entrevistas “fakes” com seus amigos ou de frente para o espelho. 


4. Seja pé no chão.

Talvez aquela vaga e/ou aquela empresa não combinasse tanto com você assim. Se a cultura da empresa requer uma pessoa introvertida, e você sempre foi conhecido como o extrovertido da turma, vamos combinar que vocês não se combinam, certo? 


Tem algumas coisas que não conseguimos mudar, e você precisa saber lidar com elas também. Há empresas que estão ansiosas para conhecer alguém com o perfil igual ao seu. 


Mesmo que aquela empresa seja tão renomada e todas as pessoas sonham em trabalhar lá, talvez você possa não se adaptar naquele ambiente, e o que é bom para as outras pessoas, pode não ser pra você.

 
5. Seja criterioso.Assim como somos avaliados em uma entrevista, podemos e devemos fazer o mesmo pela empresa que está nos ofertando uma oportunidade profissional. 


Talvez você encontre, durante o processo, motivos pelos quais acredita não ter tanto “match” com a descrição das atividades, ou até mesmo com a cultura e o ambiente. Tudo bem negar uma oportunidade. Antes repensar e avaliar do que se arrepender futuramente. 


Dessa forma, você fica mais criterioso e dá mais valor para os seus conhecimentos e as suas experiências.  


6. Seja resiliente.

Criar resiliência é um trabalho árduo que leva tempo e que vai demandar bastante desenvolvimento pessoal e profissional. 


Não é fácil enxergar um feedback negativo como uma oportunidade para aprender e melhorar. Mas é necessário. Não deixe a sua carreira profissional desandar por uma etapa que não foi bem sucedida. 


Afinal, como poderíamos evoluir pessoalmente e profissionalmente se só nos elogiassem e nos dissessem sim o tempo todo? 

Comenta lá no nosso Linkedin