4 coisas que talvez você não saiba sobre CULTURA (Parte 3)

setembro 12, 2019 12:03 pm

Cultura tem sido um assunto muito falado recentemente. Junto com toda questão de Employer Branding. E como um CPO e Especialista de Engajamento eu me sinto motivado de saber o nível de interesse dos nossos clientes e parceiros que querem aprender mais sobre o tema.

Este é um artigo que tem 3 partes. Se você perdeu qualquer uma das partes anteriores (1 e 2), temos o link aqui:

Acessar artigos sobre CULTURA

#1. Comunicação é a alma (do negócio, da cultura, do RH…)

Isso pode estar muito falado, mas é real. A comunicação precisa ser consistente e constante. Envolvemo-nos em todos os níveis da empresa através de métodos tradicionais e não tradicionais – vídeos curtos de CEO, SWAYs ricos em estilo de revista e até xícaras de café com mensagens de cultura.

O objetivo é ter uma comunicação frequente e qualquer material que você ache interessante conversar com seus colaboradores.

Veja como fazemos aqui na Hero365:

  • A comunicação acontece pela plataforma Hero365 em diferentes categorias com Dicas, Truques e Macetes automatizados com dicas de Saúde, Ferramentas, Produtividade, Bem-estar, Cozinha e por aí vai…
  • Pelo Microsoft Teams para anúncios rápidos e reuniões com CEO’s apenas para perguntar como estão indo as coisas e para dar a visão de pra onde a empresa está indo.
  • Na Loja Mágica (uma funcionalidade da plataforma) onde o colaborador pode trocar suas moedas virtuais por canecas, adesivos, camisetas, viagens, eventos, kits e até coisas pra casa. E sempre vem com um bilhete, uma mensagem de cultura.
  • No Yammer…
  • Por e-mail…
  • Em Sways de conteúdo na área “Academia Jedi” onde o colaborador encontra treinamentos rápidos de soft e hard skills.

E por ai vaí…

#2. Deixe a tecnologia acelerar as mudanças da sua organização

Como uma empresa de tecnologia, o uso da tecnologia está em nosso DNA, e nós tomamos isso como garantido. Depois de tantos clientes e colegas perguntarem como conseguimos mudar tão rapidamente mantendo nossa cultura, tive aquele momento de ‘aha’. Aqui estão alguns exemplos de como usamos a tecnologia (e continuamos a usar) para ajudar a fixar a cultura:

Medir sempre: medimos o sentimento dos colaboradores por meio de uma pesquisa de diária e semanal para ver se as pessoas entendem a cultura e a estão adotando, e damos aos líderes acesso a dashboards com visibilidade para várias áreas da cultura, incluindo a construção de mais equipes diversas.

Colaboração e aprendizado: para reforçar nossa cultura de aprendizado, centralizamos todos os sistemas de aprendizado pela Hero365 Academia Jedi. Depois, por meio do Yammer e Microsoft Teams, nossos colaboradores têm acesso imediato às ferramentas de colaboração. E incentivamos a colaboração gamificando todo o negócio com pontuações diárias e ao compartilhar conhecimento. Sendo possível trocar esses pontos por benefícios que impactam a vida pessoal do colaborador. (Dia de folga, café da manhã, viagens…)

#3. Todo mundo precisa ajudar (uma andorinha não faz verão)

Para chegar aonde você está indo com sua cultura, você precisa de todos da sua equipe de liderança comprometidos e integrados. Se você permitir comportamentos inconsistentes, pode gerar cinismo porque as pessoas estão assistindo. Para garantir uma mudança autêntica e duradoura, você precisa estar atento a isso e preparado para agir.

#4. Aprenda sempre

Minha mensagem (depois das 2 partes desse artigo) é um lembrete de que ainda estamos nessa jornada e devemos continuar aprendendo. É importante permanecer humilde, não declarar vitória rápido (comemorar as pequenas conquistas).

Seja consistente em sua abordagem dia após dia e comemore os pequenos marcos enquanto mantém o curso.

Veja esse vídeo da Microsoft e o CMO Chris Capossela, no evento Envision da Microsoft, onde tem uns detalhes sobre como eles estão impulsionando mudança e cultura.

Clique para ver o vídeo
 
Sei que esta lista evoluirá à medida que continuarmos nesse caminho, e espero compartilhar mais aprendizados ao longo de nossa jornada. À medida que sua organização se adapta a esse momento de transformação digital e mudanças nas expectativas dos funcionários, deixe-me saber o que você está fazendo para evoluir e permanecer relevante.

Evolua sua cultura. Agende uma demonstração agora!

Falar com um especialista